Prováveis candidatos à prefeitura de Colombo em 2020

“Quem são os prováveis candidatos à prefeitura de Colombo”

“Uma das cidades mais populosas do Paraná, Colombo, com 250 mil habitantes, já tem nomes despontando para a disputa eleitoral de 2020. Os pré-candidatos à prefeitura poderão quebrar ou manter uma alternância de dois grupos políticos que comandam a cidade nos últimos quase 20 anos: o de J. Camargo (PSC) e o da atual prefeita, Beti Pavin (PSDB) – no cargo desde 2013. Veja quem são os prováveis candidatos:

Sergio Pinheiro (PP)
Servidor público de carreira, é o atual vice-prefeito do município. Exerceu mandato de vereador entre 2013 e 2016, atuando inclusive como presidente da Câmara Municipal. Tem 48 anos. A seu favor, o trunfo de ter o apoio da atual prefeita, Beti Pavin (PSDB) – ela é um dos principais nomes da política de Colombo, tendo sido eleita prefeita em quatro oportunidades, além de vereadora e deputada estadual.

Helder Lazarotto (PSD)
Lazarotto chegou a concorrer à prefeitura do município em 2016 – pleito vencido por Beti Pavin (PSDB). O hoje pré-candidato foi secretário de saúde de Colombo por 10 anos e foi vereador entre 2009 e 2012. Aos 58 anos, o político defende sistematicamente a saúde e a segurança pública como suas bandeiras. O pré-candidato se declara como oposição à atual prefeita. Lazarotto foi coordenador da campanha de Carlos Massa Ratinho Junior (PSD) no município e terá provável apoio do governador na disputa de 2020.

Thiago de Jesus (PRB)
Aos 32 anos, o político tentará pela primeira vez o cargo na prefeitura da cidade da região metropolitana. Ele é do grupo oposicionista à atual prefeita. De perfil polêmico, ficou mais conhecido na cidade pelo jeito irreverente nas publicidades de sua loja de estofados. Hoje, é vereador no município.

Joel Cordeiro (Podemos)
Empresário e pastor evangélico da Assembleia de Deus, João Cordeiro, de 49 anos, disputou os dois pleitos para a prefeitura de Colombo. Opositor da atual prefeita, tendo criticado-a em diversas oportunidades, tem no público religioso sua maior força. Cordeiro foi eleito vereador três vezes e aponta que suas bandeiras são mudança, renovação e ética na política.

Outros nomes prováveis
Rose Cavalli (PDT). Concorreu à eleição em 2016 e pode voltar como um nome na próxima disputa. De família tradicional na cidade, a advogada é oposição à gestão atual.

Elton Dognini (Psol). Ativista social, o psolista não pertence a um grupo político tradicional. Comanda um movimento de moradores. Dognini tentou concorrer em 2016, mas teve a candidatura indeferida.”

Fonte: Gazeta do Povo.